Stallman: pessoa e idéia

Ontem estive no ‘churrasco dos nerds’ e presenciei a ira geral dos
participantes contra a atitude antipática do Stallman de cobrar por
seus autógrafos e fotos. Como forma de protesto, ficou marcada para
15:00 de 22/04 uma espécie de leilão inverso – quem paga menos – pelo
autógrafo do RMS – o lance inicial é 1 centavo. Isso me levou a uma
reflexão: – até que ponto podemos separar a pessoa da
idéia?

É muito difícil separar a obra do autor, da música e do cantor, do
trabalho e do profissional, da proposta política e do político. Somos
seres humanos, onde o emocial está muito ligado ao racional e
frequentemente não conseguimos separar a idéia e a pessoa como duas
dimensões completamente separadas.

Stallman chocou os costumes culturais locais – a atitude de alguém tão
admirado cobrar por foto ou autógrafo é uma ofensa para os ‘fãs’
brasileiros. Muitos esperavam encontrar alguém tão simpático como o
compatriota americano John ‘Mad Dog’, mas foi completamente o
contrário e isto chocou muito mesmo. Friamente, sabemos que é do
direito do Stallman cobrar ou não; a imagem é dele, ele cobra o que
quiser.

É importante sabermos separar a pessoa e da idéia, Stallman é um
pensador, que ‘vende’ idéias; não uma estrela da mídia, que vende sua
imagem. Nietsche, por exemplo, desprezava qualquer ‘fã’ da *pessoa*
dele, pois ele achava que aquele que tem maior valor é aquele que o
pudesse superar ou contribuir em idéias.

Nota zero para a *pessoa* e dez para as *idéias* do Stallman.

Sobre Marcelo Akira

Professor de redes e tecnologias educacionais
Esta entrada foi publicada em Software Livre. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Stallman: pessoa e idéia

  1. Cicero disse:

    Nossa Akira nao acredito q o Stallman tava cobrando por suas fotos ou autografos, cara to ate agora aqui sem acreditar… Isso me lembra da vez q nos fomos com o Mad Dog tomar cerva e comer pizza cara totalmente diferente hein??

    Interessante como alguem tao inteligente possa agir de forma tao absurda!

  2. Marcelo Akira disse:

    São pessoas completamente diferentes, com idéias semelhantes mas métodos totalmente diferente. Ambas são essenciais para o vasto ecossistema de Software Livre. Sugiro ler o próximo artigo para saber o porquê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>